Tesouro direto, poupança ou ibovespa, qual o melhor investimento?

Rafael Rudolfo Kreutz, kelmara Mendes Vieira, Gabriel Mutschal Oliveira

Resumo


O artigo aborda uma análise da rentabilidade de aplicações em diferentes tipos de produtos financeiros com a intenção de identificar a melhor opção para o pequeno investidor. Dessa forma, o presente trabalho tem por objetivo realizar uma análise do retorno em títulos públicos, poupança e índice Bovespa, no período de 2010 a 2016. Quanto ao método de abordagem do problema a pesquisa pode ser classificada como quantitativa. Já no que se refere aos procedimentos técnicos, trata-se de uma pesquisa documental. Os dados dos títulos públicos foram coletados diretamente do site do tesouro direto, já as séries do Ibovespa e da caderneta de poupança são oriundas do sistema de séries temporais do Banco Central do Brasil. Os principais resultados indicam que, dentre as melhores médias no período, o que mais se destacou foi LTN com média de 14,03% e com a pior média o Ibovespa que apresentou um decréscimo de -2,91%. Quando analisadas as simulações com capital inicial de R$10.000,00 e prazos de 1, 3 e 5 anos os títulos NTNB-P e LFT foram as melhores opções de investimento. Dente todas as opções o Ibovespa foi a opção de investimento que apresentou o pior desempenho dos produtos disponíveis nesse período. Dessa forma, pode-se afirmar que a relação de quanto maior risco, maior o retorno não foi verificado nesse caso.


Palavras-chave


Caderneta de Poupança; Ibovespa; Títulos Públicos; Investimento; Rentabilidade.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.