O impacto do programa Bolsa Família no combate a fome e a desigualdade social no Brasil

JOAO HENRIQUE STUMPF, Cristiano Riam Berger

Resumo


Há alguns anos observa-se no Brasil um aumento da desigualdade social e o consequente crescimento da pobreza extrema. Nesse contexto, torna-se fundamental analisar a eficácia dos programas e políticas publicas que visam superar tais problemas sociais. Seguindo as diretrizes de uma pesquisa bibliográfica de cunho teórico, explorando livros e artigos já publicados que trabalham diretamente ou indiretamente a temática, o artigo analisa dados relacionados à situação da fome e da desigualdade social no Brasil e no mundo, apresenta a história e as características básicas do programa Bolsa Família, e por fim, busca identificar os impactos do referido programa no combate à fome e a desigualdade social no Brasil. Pode-se observar que após uma década de avanços no combate a fome e a desigualdade social no Brasil, na atualidade visualiza-se um recuo na velocidade de sua superação. Nesse contexto, torna-se fundamental avaliar a eficácia dos programas e políticas públicas que dialogam com tais injustiças sociais. Considerado o principal programa de incidência sobre o combate a fome, e também considerado como fundamental para a diminuição das desigualdades sociais, o Bolsa Família se mostrou limitado em superar essas duas questões, embora indispensável em situações emergenciais geradas pela pobreza extrema.

Palavras-chave


Fome. Desigualdade social. Programa Bolsa Família.

Texto completo:

PDF