A DEPENDÊNCIA QUÍMICA E A CODEPENDÊNCIA FAMILIAR: Uma revisão crítica

Paulo Henrique Fernandes Marinho, Gerson Martins de Souza, Agostinho Figueiredo Corrêa Teixeira

Resumo


Este estudo tem o intuito de transcorrer criticamente sobre análises e considerações acerca da Dependência Química e Codependência familiar, bem como as variáveis que as envolvem direta e/ou indiretamente. A análise sócio-histórica da relação do homem com substâncias psicoativas, conceitos de formas de socialização e discussão sobre formação/papel da família serão abordados a fim de construirmos conceitos e refletir sobre crenças e paradigmas que permeiam e exercem influência considerável na concepção sobre Dependência Química e Codependência Familiar.  


Palavras-chave


Dependência Química; Codependência; Substâncias Psicoativas.

Texto completo:

PDF