DIÁLOGOS SOBRE GÊNERO E EDUCAÇÃO: UMA PROJEÇÃO IDEOLOGICA E SOCIAL NA CONTEMPORANEIDADE

ZORA YONARA TORRES COSTA

Resumo


Este estudo pretende estabelecer uma discussão sobre a ideologia de gênero na contemporaneidade. Igualmente compreender como o discurso conservador na atualidade se destaca em meio aos desafios para a política pública de educação. Procura, ainda, responder a pergunta central acerca do debate sobre ideologia de gênero no espaço educacional. Também estabelecer o debate sobre a ideologia, gênero e a ordem do discurso presente na sociedade, por meio de uma análise sócia histórica sobre as implicações da neutralidade no ambiente escolar. Este tema será abordado no intuito de construir por meio de conceitos algumas reflexões sobre as crenças e paradigmas que envolvem a categoria gênero numa sociedade capitalista, que abriga em seu conjunto formas de opressão que contribuem negativamente para o avanço de direitos e conquistas sociais. A metodologia utilizada neste estudo foi à bibliográfica e exploratória, proporcionado o contato mais próximo com a questão-problema para a elaboração critica-reflexiva no que se refere a gênero e educação. Assim a centralidade deste estudo é considerar os aspectos e elementos que se relacionam frente à ideologia de gênero tão debatida na atualidade. Por fim, destaca-se que o pensamento de Marx e Engels certamente contribuiu para o desvelamento sobre a opressão das mulheres, criando caminhos promissores para o debate contemporâneo. No livro A Origem da Família da Propriedade Privada e do Estado, datado de 1884, os pensadores percorrem um caminho próprio, utilizando o termo opressão, este que denomina o estado de submissão de um ser sobre outro. 


Palavras-chave


Gênero; Educação; Ideologia; Discurso; Serviço Social.

Texto completo:

PDF