Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A REVISTA PROJEÇÃO E DOCÊNCIA é uma publicação semestral da Escola de Formação de Professores da Faculdade Projeção Brasília, que tem como objetivo, divulgar produções científicas de estudantes, professores e comunidade em geral. Criada no ano de 2010, busca incentivar a publicação de trabalhos ligados a cursos de licenciatura voltados para a promoção e desenvolvimento do processo de educação com foco nos seguintes temas: Avaliação da aprendizagem, Avaliação Institucional, Direito Educacional, Educação Ambiental, Educação à Distância, Educação de Jovens e Adultos, Ensino Profissionalizante, Formação Docente, Gestão Educacional, Pesquisa aplicada aos estudos Geográficos e Históricos, Questões Étnico Racias, entre outros.

A REVISTA PROJEÇÃO E DOCÊNCIA publica diversos formatos de trabalhos científicos relacionados a prática do ensino em todos seus níveis. Diferentes perspectivas teóricas e metodológicas no tratamento de temas são aceitáveis, desde que consistentes e relevantes para o desenvolvimento da prática do ensino. Construída com a utilização do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas – SEER do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT, busca divulgar trabalhos inéditos e de acesso gratuito que contribuam para a discussão científica e da prática profissional.

 

Políticas de Seção

Artigo Original

Deve ser um relato de alta qualidade de pesquisa original, baseada em investigações sistemáticas e completas. Deve propor a análise de conceitos, levando ao questionamento de modelos existentes e elaboração de hipóteses para futuras pesquisas.
 
• Estrutura

O modelo de artigo da revista é o modelo IMMRDC (Introdução, Métodos, Materiais, Resultados, Discussão e Conclusão).
 
1- Introdução: a introdução deve abordar de forma clara e precisa os seguintes aspectos: o assunto e delimitação do problema estudado, os objetivos, as principais questões, as razões da escolha do tema, sua contribuição e relevância, exeqüibilidade e os principais trabalhos já desenvolvidos sobre o tema.
 
2- Material e Métodos: esta seção deve conter informações que possibilitem ao leitor conhecer o contexto onde a pesquisa foi realizada. Aqui são explicados os materiais, os métodos e as técnicas que foram utilizados tanto na coleta quanto na análise dos dados. Dentre as informações incluídas nesta seção estão: local e período de realização da pesquisa; universo, população e amostra; tipos e modelos dos instrumentos ou equipamentos utilizados; forma de consentimento dos participantes, em caso de experimentação com seres humanos; fontes utilizadas, normas, especificações técnicas ou métodos de preparação dos materiais equipamentos especiais utilizados, etc.
 
3- Resultados: constituem-se nas descobertas da pesquisa apresentadas com uma descrição objetiva e exata de todos os dados e informações coletadas. Os resultados são apresentados na forma de quadros, gráficos e tabelas. Para a elaboração de tabelas, consultar as Normas de Apresentação Tabular, do IBGE.
 
4- Discussão: nesta seção, o autor apresenta a sua interpretação para os resultados obtidos, confrontando-os com outros trabalhos semelhantes já realizados. É exposta de forma objetiva, detalhada, lógica e clara, possibilitando ao leitor o completo entendimento da pesquisa realizada.
 
5- Conclusão: a conclusão de um artigo constitui-se na resposta à pergunta-problema apresentada na Introdução. Deve ser concisa e objetiva e referir-se às hipóteses que desencadearam a pesquisa e aos objetivos estipulados. Na conclusão o autor deve expor sua reflexão pessoal, com base nos resultados que discutiu e interpretou, além de poder dar sugestões de futuras pesquisas ou projetos de atuação.

O artigo deve conter no máximo 20 laudas incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo de Revisão

Análise de um corpo abrangente de investigações literárias publicadas, relativa a assuntos de interesse para o desenvolvimento da ciência.
 
• Estrutura
 
A revisão crítica de literatura deve seguir o modelo IDC.
 
1-Introdução:
a) definição do tema em linhas gerais;
b) delimitação do assunto estudado, de forma objetiva e clara;
c) estabelecimento dos objetivos geral e específicos;
d) apresentação da justificativa para a escolha do tema, sua relevância e contribuições;
e) apresentação da metodologia ou procedimentos de análise da literatura.
f) indicação da organização do trabalho, isto é, das partes que o compõem.
 
2- Desenvolvimento: parte mais importante do trabalho, por isso exigi-se organização, objetividade e clareza. É constituído de tópicos que forem necessários ao detalhamento do trabalho. As descrições apresentadas devem ser suficientes para permitir a compreensão das diferentes etapas da pesquisa. O Desenvolvimento pode ocorrer em duas partes: a primeira apresenta o referencial teórico, que corresponde a uma análise dos trabalhos relevantes, encontrados na pesquisa bibliográfica sobre o assunto. A segunda parte refere-se à apresentação do problema de pesquisa, sua análise e os resultados encontrados. Para facilitar a explicação do problema e os resultados encontrados faz-se uso de quadros, gráficos, tabelas e outras ilustrações.
 
3- Conclusão: nesta última parte do trabalho nenhum fato ou argumento novo deve ser apresentado. Na conclusão retoma-se os objetivos e hipóteses apresentados na introdução do trabalho, para discorrer, de forma clara, sintética e ordenada as deduções tiradas da discussão, e se os objetivos foram ou não alcançados.

O conteúdo não deverá exceder 20 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Carta ao Editor

Avaliação crítica de algum formato publicado na revista, ou resposta de autores à crítica formulada a artigo de sua autoria.
 
• Estrutura
 
A estrutura é livre, mas deve conter no máximo 1 lauda.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Comunicação Breve

São relatos de pesquisas sucintos, mas completo de uma investigação específica, com resultados preliminares ou de relevância imediata.
 
• Estrutura
 
Deve conter resumo seguindo o modelo dos artigos originais e, no máximo, uma tabela ou figura, além de um limite de 15 referências bibliográficas. O conteúdo não deverá exceder 10 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Debate

É a gravação ou transcrição de discussões de temas históricos ou da atualidade, propostos pelos editores ou por colaboradores e debatidos por especialistas que expõem seus pontos de vista. O debate gravado em áudio ou em áudio e vídeo, deve ser disponibilizados em formato textual.
 
• Estrutura
 
A estrutura é livre, sobre tudo, a transcrição pode ser integral ou parcialmente editada, cabendo a edição final aos Editores da Revista. O conteúdo não deverá exceder 20 laudas.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Editorial

É um texto informativo e de apresentação do conteúdo da Revista. Deve ser escrito somente pelo Editor Chefe e sua equipe editorial. Sua estrutura é conteúdo são flexíveis.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Ensaio

É um texto bem estruturado, formal, discursivo e categórico, constituindo-se em exposição lógica e reflexiva, com alto nível de interpretação e julgamento pessoal. Há certa liberdade por parte do autor, no sentido de defender determinada posição sem que tenha que se apoiar no rigor e objetividade da documentação empírica e bibliográfica. Entretanto, esse fato não dispensa o rigor lógico e a coerência de argumentação e por isso mesmo exige grande informação cultural, além de maturidade intelectual do autor. Cientificamente, o ensaio é um meio de transmitir informações e idéias, em uma exposição metodológica dos estudos efetuados e da obtenção das conclusões originais a que se chegou, após cuidadoso exame de um assunto.
 
• Estrutura
 
Sua estrutura é livre. O autor deve procurar escrevem um texto com uma introdução, desenvolvimento e uma conclusão. O conteúdo não deverá exceder 20 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, apresentados em anexos no final do texto, além de notas e referências bibliográficas.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Entrevista com pessoas ou depoimento de autoridades cuja as histórias de vidas ou realizações profissionais sejam relevantes para o conhecimento da ciência.
 
• Estrutura
 
Sua estrutura é livre. Sobretudo o texto deve conter no máximo 5 laudas.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Errata

É a publicação correta de algum erro de dados publicados em edições anteriores da Revista. O Erro do trabalho pode ser informado por qualquer pessoa, mas deve ser confirmado e encaminhado pelo autor do trabalho novamente a revista para publicações posteriores.
 
• Estrutura
 
Estrutura livre e depende da correção a ser realizada.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Estudo Teórico

É a análise de constructos e conceitos teóricos que questionem modelos existentes e levantem questões e hipóteses para pesquisas futuras.
 
• Estrutura
 
Sua estrutura é livre. O autor deve procurar escrevem um texto com uma introdução, desenvolvimento e uma conclusão. O conteúdo não deverá exceder 20 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Evento

É o resumo de trabalhos de pesquisa e extensão apresentados em congressos científicos com a participação de alunos de graduação.
 
• Estrutura
 
Os resumos devem apresentar claramente os objetivos do trabalho, sem indicação de referências, incluindo-se os aspectos mais relevantes da literatura na área. O material e métodos devem ser descritos, envolvendo sujeitos, equipamentos, técnicas e outras estratégias utilizadas. A descrição dos resultados deve conter a síntese do que foi obtido e, se for o caso, explicitar as medidas e os resultados de provas estatísticas aplicadas. A conclusão deve estar baseada nos dados apresentados, sendo conveniente que sejam feitas referências aos objetivos ou hipóteses anteriormente descritas. Os resumos devem seguir as regras da norma da ABNT para resumos de até 500 palavras.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Nota Bibliográfica

Notas bibliográficas são pequenas comunicações sobre publicações científicas ou de interesse científico, nacionais ou estrangeiras, incluindo livros textos, sem análise ou opiniões, elaboradas com o objetivo de informar o leitor sobre lançamentos recentes de interesse da comunidade acadêmica.
 
• Estrutura
 
Não serão priorizadas notas de obras de cunho gerencial ou exclusivamente de divulgação técnica. Do mesmo modo, prioridade será dada à atualidade da nota: a submissão de notas bibliográficas de obras com mais de 12 meses de publicação pode ser feita e aprovada, mas não é incentivada. O autor da nota submetida deve considerar que o seu objetivo é o de noticiar o lançamento da obra em questão. A Nota Bibliográfica deve apresentar informações referenciais completas, foto real do livro e deve conter no máximo 150 palavras.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Nota de Pesquisa

Relato preliminar, mais curto e incipiente do que um artigo, enfatizando hipóteses, progressos e dificuldades de pesquisas em andamento, comentando fontes, métodos, técnicas utilizadas e desdobramentos antevistos.
 
• Estrutura
Sua estrutura é livre. O conteúdo não deverá exceder 15 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Nota Técnica

Descrição de instrumentos e técnicas originais de pesquisa.
 
• Estrutura
 
Sua estrutura é livre. O conteúdo não deverá exceder 5 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Notícia

Divulgação de fato ou evento de conteúdo relacionado à ciência, não sendo exigidas originalidade e exclusividade na publicação.
 
• Estrutura
 
Sua estrutura é livre. O conteúdo não deverá exceder 5 laudas, incluindo ilustrações.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de Pesquisa

Relato de investigação baseada em dados empíricos, utilizando metodologia científica.
 
• Estrutura

Sua estrutura é livre. O conteúdo não deverá exceder 10 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de Experiência Profissional

É um estudo de caso contendo análise de implicações conceituais ou descrição de procedimentos ou estratégias de intervenções. Deve conter evidência metodologicamente apropriada de avaliação de eficácia, de interesse para a atuação profissional em diferentes áreas.
 
• Estrutura
 
A relevância de um relato de experiência está na pertinência e importância dos problemas que nele se expõem, assim como o nível de generalização na aplicação de procedimentos ou de resultados da intervenção em outras situações similares, ou seja, serve como uma colaboração à práxis metodológica da área à qual pertence. A seguir, apresentamos alguns aspectos formais que devemos ter em conta ao apresentar um relato de experiência.
 
1- Introdução: ao iniciar, deve-se ter em conta um marco teórico de referência. Este deve ser apresentado com clareza e em congruência com o assunto da experiência. A pertinência da problemática que está na origem da experiência e dos objetivos esta, será outro ponto importante na elaboração inicial deste tipo de relato. Devemos deixar em evidência a consideração, conhecimento e utilização de outros trabalhos de intervenção sobre o mesmo tipo de problemática ou com objetivos similares. Além disso, é importante apresentar referências bibliográficas atuais e pertinentes  problemática.
 
2- Metodologia: Deve-se apresentar uma descrição adequada do contexto institucional e espaço temporal onde se realizou a experiência. O procedimento proposto deve ser adequado à intervenção em função da problemática e dos objetivos almejados por esta. É também importante a relevância e adequação dos procedimentos utilizados a apresentação dos dados. Juntamente com o anterior, ganha relevância a explicitação dos procedimentos de análises dos dados utilizados e sua adequação ao projeto de intervenção.
 
3- Resultados, discussão e conclusões: no decorrer desta seção serão apreciadas a clareza dos resultados e a síntese das conclusões mais relevantes; A interpretação que o autor faz dos resultados deverá ser adequada e coerente com o proposto inicialmente. Um dos pontos mais importantes diz respeito ao interesse e a relevância que têm as conclusões e os resultados para a prática profissional, e de que maneira podem ser aplicados a outras situações similares. A existência de comentários críticos por parte do autor das limitações da intervenção e exposição de propostas alternativas enriquecerá a contribuição do relato de experiência. O conteúdo não deverá exceder 20 laudas, incluindo quadros, tabelas, gráficos, ilustrações, etc.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha Bibliográfica

É uma revisão crítica de livros e publicações importantes para o desenvolvimento acadêmico. Uma resenha deve resumir, analisar, comparar e opinar sobre a obra em questão, constituindo portanto, contribuição teórica ou científica ao campo. Nesse sentido, uma resenha não só informa o lançamento ou existência da obra, mas deve oferecer alguma contribuição seja ao tema, seja ao campo de estudo da obra em questão, por meio da sua análise crítica. Os livros a serem resenhados devem conter um mínimo de 48 páginas e sua publicação não pode ter sido ocorrida a mais de 5 anos.
 
• Estrutura
 
A resenha deve seguir a seqüência lógica do texto. Devem ser mencionados capítulos e páginas, além de analisadas tabelas, gráficos, caso os haja. Uma resenha é sempre a tentativa de influenciar o leitor a respeito de uma obra, por isso são permitidos elogios, desde que sejam bem fundamentados. A resenha deve apresentar fidelidade ao pensamento do autor, não falsificando suas opiniões e apresentando com exatidão as suas idéias. O texto deve seguir a seguinte estrutura:
 
1- Credenciais do autor: seria o primeiro parágrafo da resenha no qual deve ser apresentada informações significativas a respeito do autor que escreveu a obra que está sendo resenhada. Apresenta-se o autor falando dos principais fatos relacionados à sua vida: local e ocasião de nascimento, formação acadêmica, pessoas que exerceram influência teórica sobre sua obra, fatos que teriam marcado sua vida e, conseqüentemente, sua forma de pensar.
 
2- Perspectiva teórica da obra: toda obra escrita pertence a uma determinada perspectiva teórica. É muito importante saber a que tradição/escola teórica pertence o autor da obra que se está analisando, pois isso permite compreender a forma como está organizada, bem como a lógica da argumentação utilizada. Quando se reconhece a perspectiva teórica do autor, sabe-se o que se pode esperar da obra que será analisada.
 
3- Breve síntese da obra: antes de começar a análise de uma obra, é muito importante procurar ter uma visão panorâmica desta. Isto pode ajudar a visualizar o começo, o meio e o fim da obra, permitindo saber de onde parte e para aonde vai o autor na sua argumentação.
 
4- Principais teses desenvolvidas na obra: depois de tudo preparado se pode analisar o conteúdo da obra de forma propriamente dita. O objetivo é traçar as principais teses do autor e não resumir a sua obra. É fundamental transmitir o pensamento do autor.
 
5-Reflexão crítica sobre obra: Depois de apresentar e compreender o autor e sua obra, deve-se traçar alguns comentários pessoais sobre o assunto, ancorados em argumentos fundamentados academicamente.
 
6- Julgamento da obra: como se situa o autor em relação às circunstâncias culturais, sociais, econômicas, históricas etc.?
 
7- Mérito da obra: qual a contribuição dada? as idéias verdadeiras, originais, criativas?
 
8- Estilo: conciso, objetivo, simples?
 
9-  Indicação da obra: a quem é dirigida, grande público, especialistas, estudantes?

O conteúdo não deverá exceder 3 laudas.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resumo

É a descrição sucinta de pesquisa, artigo, monografia, dissertação de mestrado e tese de doutorado.
 
• Estrutura

Os resumos devem apresentar claramente os objetivos do trabalho, sem indicação de referências, incluindo-se os aspectos mais relevantes da literatura na área. O material e métodos devem ser descritos, envolvendo sujeitos, equipamentos, técnicas e outras estratégias utilizadas. A descrição dos resultados deve conter a síntese do que foi obtido e, se for o caso, explicitar as medidas e os resultados de provas estatísticas aplicadas. A conclusão deve estar baseada nos dados apresentados, sendo conveniente que sejam feitas referências aos objetivos ou hipóteses anteriormente descritas. Os resumos devem seguir as regras da norma da ABNT para resumos de até 500 palavras.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha

É uma revisão crítica de livros e publicações importantes para o desenvolvimento acadêmico. Uma resenha deve resumir, analisar, comparar e opinar sobre a obra em questão, constituindo portanto, contribuição teórica ou científica ao campo. Nesse sentido, uma resenha não só informa o lançamento ou existência da obra, mas deve oferecer alguma contribuição seja ao tema, seja ao campo de estudo da obra em questão, por meio da sua análise crítica. Os livros a serem resenhados devem conter um mínimo de 48 páginas e sua publicação não pode ter sido ocorrida a mais de 5 anos.
 
• Estrutura
 
A resenha deve seguir a seqüência lógica do texto. Devem ser mencionados capítulos e páginas, além de analisadas tabelas, gráficos, caso os haja. Uma resenha é sempre a tentativa de influenciar o leitor a respeito de uma obra, por isso são permitidos elogios, desde que sejam bem fundamentados. A resenha deve apresentar fidelidade ao pensamento do autor, não falsificando suas opiniões e apresentando com exatidão as suas idéias. O texto deve seguir a seguinte estrutura:
 
1- Credenciais do autor: seria o primeiro parágrafo da resenha no qual deve ser apresentada informações significativas a respeito do autor que escreveu a obra que está sendo resenhada. Apresenta-se o autor falando dos principais fatos relacionados à sua vida: local e ocasião de nascimento, formação acadêmica, pessoas que exerceram influência teórica sobre sua obra, fatos que teriam marcado sua vida e, conseqüentemente, sua forma de pensar.
 
2- Perspectiva teórica da obra: toda obra escrita pertence a uma determinada perspectiva teórica. É muito importante saber a que tradição/escola teórica pertence o autor da obra que se está analisando, pois isso permite compreender a forma como está organizada, bem como a lógica da argumentação utilizada. Quando se reconhece a perspectiva teórica do autor, sabe-se o que se pode esperar da obra que será analisada.
 
3- Breve síntese da obra: antes de começar a análise de uma obra, é muito importante procurar ter uma visão panorâmica desta. Isto pode ajudar a visualizar o começo, o meio e o fim da obra, permitindo saber de onde parte e para aonde vai o autor na sua argumentação.
 
4- Principais teses desenvolvidas na obra: depois de tudo preparado se pode analisar o conteúdo da obra de forma propriamente dita. O objetivo é traçar as principais teses do autor e não resumir a sua obra. É fundamental transmitir o pensamento do autor.
 
5-Reflexão crítica sobre obra: Depois de apresentar e compreender o autor e sua obra, deve-se traçar alguns comentários pessoais sobre o assunto, ancorados em argumentos fundamentados academicamente.
 
6- Julgamento da obra: como se situa o autor em relação às circunstâncias culturais, sociais, econômicas, históricas etc.?
 
7- Mérito da obra: qual a contribuição dada? as idéias verdadeiras, originais, criativas?
 
8- Estilo: conciso, objetivo, simples?
 
9-  Indicação da obra: a quem é dirigida, grande público, especialistas, estudantes?

O conteúdo não deverá exceder 3 laudas.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê - Ensino, Aprendizagem e Metodologias

Editores
  • Júlia Matos
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

EXPEDIENTE

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Doissiê: TEORIAS DE CURRÍCULO E FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO”

Editores
  • Francisco Silva
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

III Simpósio Nacional de Tecnologias Digitais na Educação

Editores
  • Francisca Carla Ferrer
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos acadêmicos submetidos à apreciação da Revista devem ser inéditos e nacionais, não estando sob consideração para publicação em nenhum outro veículo de divulgação. O processo de avaliação de trabalhos acadêmicos submetidos à publicação na Revista consiste em duas etapas: uma avaliação preliminar que examina a adequação do trabalho à linha editorial da Revista e seu potencial para publicação, inclusive levando em consideração o espaço editorial disponível; e uma avaliação duplo-cega. A avaliação duplo-cega é realizada por dois editores científico indicado pelo Editor Chefe e pelos Editores Assistentes. A avaliação é realizada segundo os critérios estabelecidos por normas da Revista. Os pareceristas fazem comentários e oferecem sugestões de melhoria. Essa etapa envolve reavaliações contínuas, reunindo esforços para aprimoramento dos trabalhos. Habitualmente, os Editores Chefes e Assistentes acrescentam às sugestões dos Editores Científicos, um aconselhamento editorial, cujo objetivo é adequar os trabalhos aos padrões da Revista. Depois de aprovado, o trabalho é submetido à edição final e à revisão ortográfica, gramatical e de línguas.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Taxas para Submissão e Publicação

Taxas para Submissão e Publicação

O periódico científico Projeção e Docência não cobra quaisquer taxas por textos submetidos para avaliação de seus pareceristas, assim como não realiza qualquer cobrança relativa ao processo de publicação (revisão, diagramação, impressão e distribuição). Por se tratar de um periódico de acesso livre, não é cobrada, também, qualquer taxa para acesso ou download.

 

Licença

Os artigos publicados no periódico científico Projeção e Docência estão licenciados conforme CC BY. Para mais informações sobre essa forma de licenciamento, consulte: https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/