Práticas de coaching como ação inovadora para potencializar o aprendizado

Andreza Regina Lopes da SILVA, Andreia de Bem Machado

Resumo


A inovação faz parte da sociedade contemporânea e exige novas práticas culturais, econômicas e sociais. Neste contexto é necessário a inserção de novos artefatos e práticas  no fazer pedagógico, para potencializar o ensinar e o aprender. O desenvolvimento de novas ações que promovam um aprendizado significativo aos estudantes oriundos desse mundo imerso em tecnologias da informação e comunicação digital são essenciais na sociedade atual, uma sociedade baseada no conhecimento. O coaching surge como um processo com práticas inovadoras colocando o sujeito apreendente como interlocutor de seu próprio aprendizado. O processo de coaching proporciona práticas que são atreladas ao desenvolvimento de competência, que tem como palavra de ordem ação para resultados. Essas ações permite que o estudante desenvolva confiança e autoestima para escrever uma jornada acadêmica significativa a ponto de deixar um legado para a ciência. A partir deste olhar, o objetivo nesse artigo é mapear práticas do profissional de coach como ação inovadora para potencializar o aprendizado. Para tanto realizou-se uma busca sistemática na literatura a partir da base de dados Scopus como método de análise utilizou-se a bibliometria que permitiu mapear de modo estatístico matemático o cenário da pesquisa que intersecta a discussão do professor-coach. Como resultado, identificou-se que a pesquisa emerge no campo das Ciências Sociais e intersecta as discussões nas áreas da Saúde, de Ciência da Computação, Engenharias e Artes e Humanidades o que permite afirmar que um professor-coach estimula o aprendizado atuando como facilitador e acelerador do processo de aprendizagem e desenvolvimento de competências.


Palavras-chave


Coaching; Coach; Professor; Ensino; Aprendizagem.

Texto completo:

PDF