Avaliação do desempenho de unidades dos Programas Minha Casa Minha Vida e Morar Bem/DF

Ludmilla de Oliveira Bandeira, Patrícia Cristina Cunha Nunes

Resumo


O Programa Minha Casa, Minha vida, é uma iniciativa governamental que tem como objetivo facilitar o financiamento e aquisição da casa própria para a população de baixa renda de todo o Brasil. Devido ao número elevado de residências feitas num curto período de tempo, materiais inadequados e ausência de manutenção, entregues nos últimos anos pelo Programa observa-se o surgimento de patologias nas edificações antes mesmo do fim de suas garantias. Diante disso a qualidade dos imóveis entregues pelos Programas que vem ao encontro da proposta desse trabalho: a realização sistemática de um estudo para averiguar o desempenho de três unidades multifamiliares realizadas pelo Programa associado ao programa habitacional de Brasília, o Morar Bem. Para tanto, foram observados os procedimentos prescritos na série das normas brasileiras de desempenho – NBR´s 15575/2013 entre outras. Visitas às residências, relatos dos donos e análises técnicas das manifestações patológicas e suas possíveis causas. Alguns dos problemas avaliados com a coleta de dados e a observação do comportamento das edificações foram infiltrações, falta de prumo e de esquadros, assim como surgimento de fissuras e trincas, muitos dos casos provenientes de erros de execução, de uso de materiais. Apesar dos problemas listados, tecnicamente avaliados como inadequados, surpreende o nível de satisfação dos moradores, classificando suas moradias como médio.


Palavras-chave


Patologia, desempenho, Minha Casa Minha Vida, Morar Bem, NBR 15575

Texto completo:

PDF