A indústria de games com enfoque em ITIL

Welton Dias Lima

Resumo


O que se pode falar sobre jogos eletrônicos? E ainda mais, como relacioná-los à estrutura de uma indústria de tecnologia? A forma mais fácil de assimilar esse tipo de pensamento, é pensando em um jogo virtual como uma forma de software. Jogos virtuais se encaixam na indústria digital da mesma forma como se encaixa um aplicativo de celular, ou aquela rede social em que tantas pessoas gastam suas horas apenas para se socializar ou se divertir. E como em todo tipo de software há um responsável por ele, muitas vezes uma empresa de desenvolvimento ou um desenvolvedor individual nos casos dos famosos games indie. E não se pode deixar de lado a divisão das equipes entre setores que por sua vez se destaca a central de serviços que atendem o usuário final. O suporte técnico ao jogador pode ser encontrado na maioria das empresas que desenvolvem esse tipo de software. Pois é necessário que se mantenha a qualidade do software a qual foi prometida no acordo de nível de serviço daquele produto. Muitos Gamers deixam de jogar seus jogos pelo simples motivo de terem perdido dinheiro que foi erroneamente creditado em seus personagens, ou pelo fato de terem perdido suas contas após o esquecimento de uma senha. E é aí que entra a famosa central de serviços, também conhecida como o suporte técnico ao jogador. Que atenderá as necessidades do usuário final em caso de problemática com diversos assuntos relacionados ao mundo do game. 


Palavras-chave


Software; Jogos; Usuário; Equipes; Suporte

Texto completo:

PDF