Peter nas terras nordestinas: o teatro como essência e experiência inclusiva na prática pedagógica

Moises Lucas dos Santos, Hercules Ribas Cunha

Resumo


O presente artigo é o resultado de uma pesquisa que se originou da fusão da pesquisa etnográfica com aspectos da pesquisa participante e da pesquisa bibliográfica. Essa fusão é o resultado de uma adaptação teatral de Peter e Wendy, de J. M. Barrie, de 1911, sucesso consagrado mundialmente como um clássico da literatura infanto-juvenil. No contexto da adaptação, a proposta surge como alternativa para ações pedagógicas de culminância de um projeto cultural da Rede SESI de Educação do Distrito Federal, em sua sede em Taguatinga, DF. Envolvidos na importância da valorização da cultura brasileira, a adaptação, surge a partir do objetivo de reconhecer o teatro como possibilidade de favor a inclusão no contexto escolar, favorecendo, assim, a inserção de elementos da cultura nordestina, o grande foco que norteou a construção do espetáculo. Conscientes da necessidade constante da inclusão, visto que cada vez mais trabalhamos com a diversidade em nossas salas de aula, o tema Peter nas terras nordestinas é uma adaptação livre de J. M. Barrie que traz novos elementos em seu contexto, possibilitando construir um enredo caracteristicamente brasileiro. Ao apresentar o tema regional, trazemos além da valorização cultural, a inclusão diversificada no processo ensino-aprendizagem norteado pelas linguagens artísticas.


Texto completo:

PDF