PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE A INFLUÊNCIA DOS CICLOS ESCOLARES NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA

Guilherme Cavalcante Desidério, Robson Quintílio, Daniela Souza Lima

Resumo


ste artigo tem por objetivo analisar a percepção de um grupo de professores sobre a influência dos Ciclos Escolares no processo de ensino-aprendizagem de matemática, bem como alguns obstáculos para implementação efetiva dos ciclos. Para tanto foi necessário trazer o conceito de Ciclos Escolares, analisar o processo de ensino-aprendizagem de Matemática e apresentar os resultados das amostras da pesquisa realizada com professores da área de Matemática. A proposta do trabalho em ciclos prevê uma outra forma de organizar os espaços e os tempos escolares trazendo uma nova organização para o trabalho pedagógico da escola, valorizando processos diferentes do que se está acostumado na escola tradicional. Entre esses processos, destaca-se a avaliação formativa, a busca por um currículo integrado e por um trabalho interdisciplinar. Nesse sentido, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa e quantitativa, cujo desenvolvimento ocorreu através de uma de campo, com questionário com duas questões abertas e duas questões fechadas aplicadas a um grupo de dezessete professores de uma escola pública do Distrito Federal com o objetivo de levantar o nível de conhecimento dos professores sobre o assunto bem como as suas percepções sobre ele, tendo em vista as experiências vividas no dia a dia com o sistema implementado. Como resultado, foi possível perceber que a maior parte dos professores do grupo tem uma boa compreensão sobre os ciclos e aprovam sua implementação, porém, o grupo aponta ainda alguns obstáculos existentes para implementação qualitativa e efetiva dos ciclos de Aprendizagem

Texto completo:

PDF